A Europa dividida sobre migração

Image for post
Image for post

As rutas migratorias para chegar até o continente Europeo são muitas, más certos paises recebem mais do que outros. Por isso que ha duas soluções para Europa a humana e a rational.

Ainda não estamos no punto que a migração é organizado no extranjeiro, a cara do migrante nas fronteiras da Europa são pessoas que pagam para um transporte illicito e estão usados por trafficantes criminoses e maffiosos.

Para Europa as coisas começaram a evoluir com a grande movimentação pela ruta Balcanica em 2015, nessos momentes ainda tevimos ‘o tratado de Dublin’, cada ingressante na União Europea sem documentos tivera que aceitar que o primero pais de asilo é o pais único destinatorio. La deveriam que ficar até o resultado de duas entrevistas, postiva, podiam ficar e duas negativas regressar pro pais de origem.

O problema é que a cultura na União não é a mesma, os paises velhos da Europa Central e Occidental precisam de fluxos migratorios, os paises do Sul da Europa são muitas vezes os paises de chegada e os regimes conservadores da Polonha, Tchequia, Hungaria e Slovakia não querem abrir seu territorio para migrantes e refugiados porque a população não permite.

Então a crise migratoria depois de 2015 foi mais sentido na Grecia, Italia e Malta, mas eles precisam de uma solução humana, porque por cause da entrada dos refugiados e emigrantes os paises tornaram se mais direitas e anti-migração. Os paises do Oriente da Europa, não quiseram que eles entraram, então os primeiros são Alemanha que fez uma grande abertura é a Bondskanselira Merkel Fallou:’ Wir Schaffen Dass’, o vamos a fazer isso! E entraram um milião de Sirios na Alemanha, depois Espanha e Portugal abriram suas fronteiras, porque o ‘tratado de Lisboa’ já era morto…

A União sirve para organizarse melhor os Estados membros, dentro desse marco é necesario para organizar um pacto Europeo da migração, mas com o populismo da direito foi um trabalho dificil. Primeiro, en 2018 tivemos o pacto migratorio da ONU, porque até agora não temos organização pela migração da ONU, a IOM não é institucionalizado. Tudo era preparado para aceitar o Pacto quando varios Paises Europeos não aceitaram o Pacto e o Governo Belga collapsou por causa disso.

Agora, segundo estão organizando um Pacto Europeo com o mesmo mozaico qui antes, mas sempre com problemas com Europa Oriental. O Pacto sugero uma cantidade minima de migrantes e refugiados devem ser aceitado para respeitar a solidariedade dentro da União e também uma fora para continiur a um fundo para pagar outros paises como o Brasil para aceitar refugiados e immigrantes.

A regulação racional, mas da direita e de organizar pontos de acolho no mundo inteiro para refugiados e immigrantes para fazer a entrevista de asilo, um scan das pulmãos e com entrevista positiva.

Eu acho que a verdadeira solução é no resettlement, o ‘ressettlement para Europa’. A ideia e velha casa no pais de origems até nova casa no pais de refugio e o transporte é organizado legalmente, mais isso é mais costoso…

Willemjan Vandenplas, faz parte do equipe de voluntários da Rede Sem Fronteiras

Written by

Auteur van ‘Dagboek van een Wereldburger’. Te verkrijgen in bxl bij les yeux gourmands, poëtini, pépite blues, la petite portuguaise, Tulibris…

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store